+55 11 4546-8200 Seg-Sex 8h às 17h
Quer organizar melhor os estoques da empresa? Veja essas 6 dicas

Quer organizar melhor os estoques da empresa? Veja essas 6 dicas

A falta de espaço na hora de organizar os estoques é um problema comum em muitas empresas. É preciso um bom planejamento para que a organização de estoque seja realmente satisfatória, de modo a aproveitar toda a estrutura disponível, os espaços da empresa e os recursos para eventuais expansões.

Para ajudar o gestor, daremos 6 dicas de organização de estoque. Leia e aproveite!

1. Use cores mais claras

Certas estratégias ajudam a otimizar incrivelmente o espaço. Usar cores claras, por exemplo, é uma forma de “desafogar” o ambiente de uma quantidade excessiva de elementos. Quanto mais escura a tonalidade, maior será a sensação de ambiente menor e até de claustrofobia.

Assim, se um estoque já conta com muitos itens, é recomendável usar clores claras para passar a ideia de amplidão, aumentando a sensação de espaço. Isso vale também para pontos de venda e escritórios corporativos.

O uso de cores claras, como branco, contribui para deixar o ambiente mais agradável para se trabalhar.

2. Invista em uma boa iluminação

Outro ponto a tratar na organização de estoque é a iluminação. Ambientes mais bem iluminados também ajudam a otimizar o espaço. Imagine trabalhar em um local com iluminação precária e estoques mergulhados na escuridão? Certamente, o funcionário terá a sensação de estar em algo parecido com uma prisão.

A iluminação apropriada, além de melhorar o espaço, ajuda a evitar acidentes e danos às mercadorias acumuladas.

É importante aprender a aproveitar a iluminação natural, construindo aberturas em pontos estratégicos.

3. Descarte o que for excedente e não necessário

A boa organização de estoque passa por selecionar tudo que não tem mais utilidade ou não é necessário. Esses materiais devem ser guardados em outro local ou descartados.

Esses materiais podem envolver itens vencidos, equipamentos danificados e máquinas em excesso, por exemplo. O armazém deve conter todos os estoques da empresa, mas jamais deve servir de depósito para objetos sem utilidade, obsoletos ou quebrados.

4. Utilize as portas de correr

Considere ainda a possibilidade de instalar portas de correr no armazém onde estão os estoques. As portas de correr são muito práticas, já que não ocupam espaço a mais além de seus próprios limites.

Como são abertas e fechadas lateralmente, e não para dentro ou para fora, como as convencionais, as portas de correr permitem mais espaço para os materiais e, ao mesmo tempo, não atrapalham a movimentação deles dentro do ambiente.

As portas convencionais podem atrapalhar o deslocamento de pessoas e materiais dentro do armazém. Além disso, é comum que os itens estocados, quando em grande quantidade, acabem por obstruir passagens, impedindo que elas possam ser abertas ou fechadas.

5. Terceirize o armazenamento

Terceirizar o armazenamento também ajuda na organização de estoque. Você poderá optar por alugar um armazém com dimensões adequadas para comportar todos os estoques da loja, evitando ter que guardar uma grande quantidade de produtos em espaços insuficientes.

Essa estratégia, além de menos custosa (já que não será preciso comprar um imóvel mais caro), também permite mais segurança para mercadorias e funcionários.

Também é possível alugar um galpão menor para estocar produtos que não couberam em seu armazém privado. Trata-se de ampliar o espaço sem comprometer a funcionalidade de nenhuma instalação: os estoques se manterão bem guardados, gozando de plena segurança e acessibilidade.

6. Separe os estoques conforme critérios válidos

Isso significa que você não deve construir estoques sem considerar a natureza dos produtos. É fundamental lembrar que certos produtos são perigosos e precisam manter-se em locais apropriados. Há também mercadorias muito frágeis, que não podem ser organizadas perto de itens que possam danificá-las.

A disposição das caixas deve respeitar os limites de peso e da natureza de cada produto. Por exemplo, produtos pesados demais devem permanecer em posições mais baixas ou podem até ser armazenados ao ar livre, o que ajuda a otimizar o espaço interno.

A verticalização é uma maneira de otimizar o espaço horizontal, mas é necessário verificar que tipo de produto pode ficar nas posições mais altas sem oferecer grandes riscos.

Já realiza uma boa organização de estoque? O que achou deste post? Aproveite para continuar inteirado sobre as novidades logísticas, assinando nossa newsletter para receber dicas diretamente em seu e-mail!

Deixe uma resposta

Fechar Menu